A primeira versão de 5 desenhos animados famosos

36

Os Simpsons (1989)

Fonte da imagem: http://fw.atarde.com.br/2018/09/750_tv-os-simpsons_2018926161757157.jpg

Este desenho animado baseia-se em na vida de uma típica família dos Estados Unidos. Homer é o pai de família nada saudável ou inteligente, que adora beber cerveja. Marge é a esposa e mãe de família dedicada. Bart é o filho de 10 anos, que não leva a escola a sério e tem orgulho disso. Lisa é a garota de 8 anos, um gênio não apreciado. E Maggie é o bebê que não larga a chupeta. O primeiro episódio foi em dezembro de 1989.

Garfield (1978)

Fonte da imagem: http://images.ucomics.com/comics/ga/1978/ga780619.gif

Nascido em 19 de junho de 1978 o gato Garfield, protagonista de um dos mais famosos desenhos animados ao redor do mundo, criado pelo norte-americano Jim Davis. Além do preguiçoso felino, o desenho conta, também, com o cachorro Odie e o seu dono Jon Arbuckle. O protagonista recebeu esse nome por causa do avó de Jim, James Garfield Davis, que fora assim batizado em homenagem a James A. A história de Garfield é uma sátira aos donos de animais domésticos e retrata o gato como o verdadeiro dono da casa. O felino, a sua maneira, também sofre de problemas tipicamente humanos como a dificuldade em manter uma dieta, o ódio às segundas-feiras, a apatia, o mau humor, entre outros. No decorrer da história, a conduta de Garfield se torna cada vez mais humana e menos felina. Sua aparência física também se transformou ao longo do tempo, já que no começo ele era um gato grande, gordo, com mandíbulas frouxas e olhos pequenos. Com os anos, Garfield se tornou menor, seu olhos ficaram maiores e ele passou a sorrir mais. A partir de 1983, começou a caminhar com duas patas e também deixou de se focar nos pontos fracos dos gatos para se centrar em situações cômicas, como a má sorte de Jon com as mulheres.

Snoopy e Charlie Brown (1950)

Fonte da imagem: http://f.i.uol.com.br/livraria/capas/images/10235121.gif

Snoopy nasceu no dia 2 de outubro de 1950, na tirinha dos “Peanuts” (traduzida no Brasil como “Minduim”). Seu nome é uma mistura dos nomes dos dois cachorros que seu criador, o cartunista norte-americano Charles M. Schulz (1922-2000), teve na infância, “Spike” e “Snooky”. Seu personagem foi criado para ser um “cão de todos” e não apenas de Charlie Brown. Permaneceu mudo nos dois primeiros anos de sua existência, quando começou a ganhar características mais humanizadas. Neste período, se tornou o cachorro de Charlie Brown e começou a desenvolver as marcas que hoje são seu charme, como a personalidade forte, a amizade com o passarinho amarelo Woodstock e a mania de dormir fora da casinha –no teto dela, aliás.

Pateta (1932)

Fonte da imagem: https://img.ibxk.com.br/2015/10/27/27114430881204.png?w=1040

Eterno parceiro de aventuras do Mickey, o Pateta foi criado pelos estúdios Walt Disney, aparecendo pela primeira vez, como figurante, no curta animado “Mickey’s revue”, em 25 de maio de 1932, era um cão antropomórfico de físico magro, esguio, alto e desengonçado, conhecido pelo público por seu jeito atrapalhado, engraçado e bondoso e chapéu singular. Seu nome seria um apelido, já que nos curtas dos anos 50 e 60 era chamado “George Geef” ou “G.G Geef”. Fontes atuais, como o desenho “A turma do Pateta”, sugerem que seu nome seja Goofy Goof. O fato é que, ao longo de sua carreira, o hilário personagem teve vários nomes. Primeiro ele foi chamado de “Dippy Dawg” (algo como “O Cão Dippy”), depois de “Dippy, the Goofy” (“Dippy, o Pateta”) e, em 1939, passou a ser conhecido como “Goofy” (“Pateta”). Aliás, foi exatamente em 1939 que o Pateta, como nós conhecemos, ganhou forma definitiva. Desde então ele é par constante do nosso camundongo favorito.

Pato Donald (1934)

Fonte da imagem: https://http2.mlstatic.com/D_NP_869726-MLB28012973675_082018-Q.jpg

Personagens de desenhos animados e histórias em quadrinhos dos estúdios de Walt Disney, Pato Donald (em inglês: Donald Duck) foi criado em 1934. Ele aparece em vários desenhos como antagonista antipático, principalmente naqueles em que aparece junto de Mickey ou de seus sobrinhos Huguinho, Zezinho e Luisinho. Muito azarado e mal-humorado, ele sempre perde suas batalhas para Mickey e para seus sobrinhos, dando um motivo verdadeiro para Donald odiá-los. A voz “grasnada” de Donald foi criada pelo dublador Clarence Nash que tinha o dom natural para imitar animais, inclusive sons de patos. A voz que Nash criou para Donald consistia em falar palavras através de um tipo de “ruído”, feito com o canto da boca e os dentes molares, que lembrava o grasnado de um pato. Uma curiosidade acerca dos sobrinhos de Donald e que nos clássicos desenhos de cinema Huguinho aparecem, todos os três tem a mesma voz, que também é feita por Clarence Nash (porém, mais fina que a de Donald). Pois, naquele tempo os três sobrinhos tinham a mesma personalidade, falavam e agiam em sincronia e algumas vezes dizendo frases fragmentadas como: “Olá!” “Tio!” “Donald!”(eles foram os primeiros gêmeos nos desenhos animados a falarem frases fragmentadas desta maneira, e foram seguidos depois também por Pipeye, Pupeye, Poopeye e Peepeye, os sobrinhos quadrigêmeos do Popeye).

Fonte do artigo: https://pt.wikipedia.org/wiki/Pateta 
https://www1.folha.uol.com.br/folha/livrariadafolha/807210-snoopy-comemora-60-anos-conheca-historia-do-cao-mais-famoso-do-mundo.shtml 
https://seuhistory.com/hoje-na-historia/e-criado-o-personagem-garfield 
http://www.adorocinema.com/series/serie-290/

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você aceita, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceito Leia Mais